Mulheres, educação e pesca

Em Rio Formoso, a 89 quilômetros da capital pernambucana, Recife, as mulheres se dedicam à pesca e ao mesmo tempo são as responsáveis pela continuidade da tradição pesqueira na comunidade

Por Paulo Maia
Com a avó, crianças na pesca artesanal de siri

É provável que quando se fale de pesca, ou pescaria, de modo geral venha à mente a figura masculina. Talvez por ser uma atividade que remete a um trabalho rústico, de força e resistência física. No entanto, em Rio Formoso (PE), as mulheres se dedicam à pesca e ao mesmo tempo são as responsáveis pela continuidade da tradição pesqueira na comunidade.

O pequeno povoado localizado no litoral sul de Pernambuco é conhecido por seus manguezais de raízes vermelhas que de forma muito peculiar lembram um emaranhado de linhas em meio à água e à vegetação verde do mangue. Além disso, lá se encontra a paradisíaca Praia dos Carneiros, que, com sua beleza, brinda os visitantes com a tranquilidade local e o seu barro medicinal, segundo o costume local.

Mas a beleza de um lugar está mesmo em sua gente.  Ao visitar essa comunidade composta em grande parte por gente simples e trabalhadora, nos encontramos com mulheres que diariamente saem para o trabalho no mangue e, assim, complementam a renda familiar com a extração de mariscos, caranguejos e vários outros animais marinhos comestíveis encontrados no manguezal.

Os papéis sociais são muito bem divididos. De modo geral, os homens se dedicam à pesca com barco em alto-mar e à pesca de caranguejo na lama do próprio mangue, enquanto as mulheres se dedicam à extração de mariscos, O gererê é unsturmento de pesca rudimentar utilizado para a captura de siri tarefa muito difícil pelo risco de cortarem-se, uma vez que estes estão presos às rochas e são verdadeiras lâminas de corte. Elas também usam uma pequena rede chamada gereré para pescar siri, e, junto às crianças com varas de pesca bastante rudimentares, ficam à margem do rio pescando peixes pequenos. Tudo isso para alimento próprio, ou para vender aos restaurantes da região. O trabalho fatigante, que demora o tempo em que a maré permanece baixa, é recompensada, por exemplo, com a venda de um siri por mais ou menos 1 real.

A luta diária dessas mulheres se coincide com a luta de muitas mulheres pelo Brasil afora que, além de se dividirem entre o trabalho externo e doméstico, também são as responsáveis pela educação de seus filhos. E em Rio Formoso, além disso, são as mães que asseguram a continuidade da tradição e definição dos papéis sociais, uma vez que são elas que levam desde cedo seus filhos ao mangue para a aprendizagem da pesca artesanal. É nesse momento vivido pelas crianças, como um lazer que elas vão incorporando a arte de seus pais e vão sendo igualmente incluídas na atividade, que caracteriza a vida daquela comunidade pesqueira.

São tantas as histórias de vida que se cruzam no mangue. São tantas lutas diárias. Tantos sonhos banhados pelas águas do rio, que o mangue se torna a fonte de energia para essas mulheres que saem de suas casas em barco ou caminhando pelo rio em busca de seu pão-de-cada-dia. São mulheres que, ao educar seus filhos nessa tradição, garantem a sobrevivência não somente de uma prática laboral, mas de todo o conjunto, de uma maneira de ver o mundo, de pensar e de construir sua vida.


}

Fonte: Família Cristã - edição de março de 2012
Postado por: Família Cristã




Comentários


Comente





Compartilhe este conteúdo:


Veja Também

Mesa da Palavra
A fé cristã professada pela Igreja Católica é de tal forma complicada, que só pode ser verdadeira.
Conservas caseiras
Resgate o antigo hábito de fazer conservas caseiras. Além da economia, aproveitando os legumes.
Mesa da Palavra
Solenidade de Pentecostes.Quando ele vier, conduzirá os discípulos à plena verdade.
Edição 1002, Junho de 2019
Edição n. 1.002 da Família Cristã, junho de 2019
Navegue com segurança
Viver no ambiente digital abre novos horizontes e possibilidades, mas requer cuidados
1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 Próximo Final

Termos mais pesquisados

Busca avançada
Copyright © Pia Sociedade Filhas de São Paulo - Brasil - Direitos Reservados