As Relações entre protestantismo e modernidade

História e memória

Autor: Ronaldo Cavalcante

Coleção: Iguais e diferentes

R$66,90
Em estoque
Codigo
531065
 
A história e a memória das relações entre protestantismo e modernidade estão presentes neste estudo feito pelo teólogo Ronaldo Cavalcante. Situar a Reforma Protestante em seu contexto de origem depois de 500 anos é uma tarefa desafiante e necessária. De fato, a Reforma Protestante se encarregou de colocar o sujeito no centro da vida religiosa, como já fora colocado no centro da vida econômica e cultural e já eram ensaiados os primeiros passos da autonomia política e científica. O sujeito religioso construído por Lutero assumia o primado da vida concreta das pessoas, antes das instituições eclesiais com suas tradições e estruturas. Para tanto, ensinava o reformador que era necessário voltar às fontes do cristianismo para retirar daí as seivas da renovação da Igreja.
Reformar-se a partir do Evangelho é um desafio permanente para todas as confissões cristãs. O Papa Francisco reafirma hoje esse princípio em seus pronunciamentos e Documentos oficiais. Se até bem pouco tempo a palavra 'reforma' soava como um palavrão entre os católicos, hoje, pelo sopro do Espírito, torna-se uma pauta comum entre os que creem na força renovadora do Evangelho. Nesse sentido, reformar a Igreja é um dinamismo e uma regra que vêm das origens do cristianismo; ação que se refaz na história e em cada contexto.
O presente estudo expõe alguns caminhos trilhados pelas Igrejas advindas da Reforma no interior do mundo moderno, nesse esforço renovador.
Mais informações
ISBN9788535643091
ColeçãoIguais e diferentes
AutorRonaldo Cavalcante
Dimensões(16,0 x 23,0)
Numero de Páginas312
Escreva sua Própria Avaliação
Somente usuários cadastrados podem escrever avaliações. Por favor, faça seu login ou cadastre-se