Os Ventos que sopram do Sul

O Papa Francisco e a nova conjuntura eclesial

Coleção: Bispos de Roma

R$46,30
Em estoque
Codigo
533122
 
Esta obra analisa a conjuntura eclesial gerada a partir da eleição do Papa Francisco. Após a renúncia de Bento XVI, quando todos esperavam mais do mesmo, de modo surpreendente, foi eleito o Papa Francisco, um novo papa que está fazendo um pontificado novo. Já estava mais que na hora de respirar novos ares (buenos aires), de olhar o mundo sob outro prisma (desde a periferia) e de romper com o eurocentrismo (para incluir o fim do mundo); enfim, urgia-se um 'novo Pentecostes'.

Era chegada a hora das 'novas Igrejas' do Hemisfério Sul, Igrejas há décadas com novo rosto, plasmado na 'recepção criativa' do Concílio Vaticano II, o rosto dos pobres e excluídos do Sul global, com suas 'angústias e esperanças', mas, sobretudo, portadoras da 'doce alegria de evangelizar'. E, de fato, o que se viu com a eleição do Papa Francisco, desde a primeira hora, foram os ventos soprando a partir do Sul e forjando uma nova conjuntura eclesial. 'Vento impetuoso', em gestos fortes e desconcertantes, em palavras que são navalha e em iniciativas arrojadas, como a da reforma na própria casa, a Cúria romana.

Cinco autores brasileiros e três estrangeiros - Agenor Brighenti, Carlos Maria Galli, Francisco de Aquino Júnior, João Décio Passos, José de Jesús Legorreta Zepeda, Juan José Tamayo, Leonardo Boff e Paulo Suess - fazem uma análise da nova conjuntura eclesial, mostrando a influência e a contribuição das Igrejas do Hemisfério Sul, em especial, da América Latina e do Caribe, no pontificado reformador de Francisco.
Mais informações
ISBN 9788535645347
Coleção Bispos de Roma
Dimensões (14,0 x 21,0)
Numero de Páginas 248
Escreva sua Própria Avaliação
Você está avaliando:Os Ventos que sopram do Sul
Sua Classificação