Eucaristia: teologia e celebração

Documentos pontifícios, ecumênicos e da CNBB 1963-2005
Disponível
Editora: PAULINAS
Autor(es): Antonio Francisco Lelo
Coleção: Fonte viva
Código: 508764
R$ 66
ou em até 3x de R$ 22.00 sem juros

calcular frete

Não sabe seu CEP? Então clique aqui.
loader
Nome Prazo de entrega Valor
COMPARTILHAR

Ficha técnica

Código de barras:
9788535616774
Peso:
1030
Dimensões:
24.00cm x 0.10cm x 16.50cm
Código:
508764
Idioma:
PORTUGUES
Número de páginas:
832
Edição:
1
Data de Lançamento:
17/11/2006

Detalhes

A coleção "Fonte Viva" é constituída de obras que investigam as fontes das doutrinas, teologias e celebrações da Igreja. São textos de referência valiosa e consistentes, tem um cunho pastoral, com linguagem acessível e, ao mesmo tempo, profunda. Os volumes são apresentados em formato grande com encadernação diferenciada e conteúdo primoroso. O ensino das diversas disciplinas teológicas e a prática pastoral têm comprovado a grande utilidade dos compêndios que permitem o acesso fácil aos principais textos de referência numa determinada área, de tal sorte que alunos, professores e profissionais possam trabalhar diretamente sobre os documentos do Magistério extraordinário e ordinário que, de fato, regulam a vida da Igreja hoje em quase todos o seus aspectos, desde a catequese até a doutrina social, passando, naturalmente pela liturgia, em cujo centro está a celebração eucarística, objeto do presente compêndio. Para uma apresentação metódica, os documentos foram divididos em seis partes. A primeira traz a doutrina, a partir dos textos do Vaticano II. A seguinte expõe os princípios para a reforma da celebração eucarística e as introduções rituais, compreendendo não apenas a Constituição Conciliar, mas ainda as três instruções que regulamentam sua aplicação. Na terceira parte são apresentadas várias orientações para a celebração e o culto da eucaristia no Brasil e, na quarta, de modo especial, as diretivas pastorais relativas ao ano da eucaristia. A quinta parte contém os documentos referentes à celebração do domingo na ausência do presbítero e, a sexta, um certo número de documentos ecumênicos que devem estar presentes no diálogo entre as igrejas cristãs. Além de ser um manual de consulta, a obra presta-se a pelo menos dois tipos instrutivos de leitura, diacrônica, pela disposição cronológica dos documentos em cada uma das parte, e sincrônica, que permite avaliar a evolução homogênea nas diversas áreas.