Nascimento do Cristianismo (O)

Que aconteceu nos anos que se seguiram à execução de Jesus (O)
Indisponível
Editora: PAULINAS
Autor(es): John Dominic Crossan
Coleção: Repensar
Código: 505218

Avise-me

Cadastre seu nome e e-mail abaixo que avisaremos quando o produto estiver disponível novamente:

Ficha técnica

Código de barras:
9788535613315
Peso:
880
Dimensões:
15.50cm x 0.00cm x 23.00cm
Código:
505218
Idioma:
PORTUGUES
Número de páginas:
704
Edição:
1
Data de Lançamento:
26/10/2004

Detalhes

A coleção "Repensar" apresenta obras dos mais renomados teólogos e estudiosos contemporâneos que investigam novas maneiras de conceber e interpretar questões teológicas que instigam a humanidade e a vivência da fé. Pesquisador do Novo Testamento, consagrado pela ousadia e pela criatividade, CROSSAN nos oferece pormenorizado estudo sobre o Nascimento do Cristianismo. Quer assim designar o período que vai da morte de Jesus aos primeiros escritos paulinos. Os discípulos ainda eram considerados judeus que se distinguiam por seguirem Jesus. O título da obra, na preferência do autor seria A vida depois de Jesus, ou seja, a vida da comunidade judaica que vinha após Jesus e tinha como norma o seu seguimento. Nasce assim o cristianismo, cujo desenvolvimento autônomo vai se dar depois que Paulo; influenciado pelo pensamento helenístico, sublinha a ressurreição na raiz de um novo modo de viver, acima de toda distinção de etnia, sexo e classe e passa a se opor ao judaísmo. A inexistência de documentos datados dos anos 30 e 40 obriga o autor a buscar uma nova metodologia e um novo material. O novo método é combinação interdisciplinar de antropologia, história, arqueologia e literatura. Estabelece o contexto,o mais bem definida possível, antes de estudar qualquer texto cristão dentro dessa matriz. O novo material foi obtido dos mais antigos extratos ou das fontes mais amplas de textos cristãos que temos à disposição. Isso é especialmente significativo nas ocasiões em que dois textos cristãos primitivos, independentes entre si, compartilham tradições comuns, as quais devem, portanto, ser anteriores a ambos. O livro se organiza em torno de quatro perguntas vitais para reconstruir a continuidade desde o Jesus histórico até o cristianismo mais primitivo e para descrever o próprio nascimento do cristianismo.