Tobias e Judite


Disponível
Editora: PAULINAS
Autor(es): José Vilchez Lindez
Coleção: Bíblia e história - Série Maior
Código: 507083
R$ 49.5
ou em até 3x de R$ 16.5 sem juros

calcular frete

Não sabe seu CEP? Então clique aqui.
loader
Nome Prazo de entrega Valor
COMPARTILHAR

Ficha técnica

Código de barras:
9788535615081
Peso:
720
Dimensões:
23.50cm x 0.00cm x 15.00cm
Código:
507083
Idioma:
PORTUGUES
Número de páginas:
570
Edição:
1
Data de Lançamento:
18/07/2006

Detalhes

A coleção "Bíblia e História" abre espaço para estudos bíblico-exegéticos situados dentro do contexto histórico e geográfico do Antigo e Novo Testamentos. Trata-se de estudos que descrevem a beleza literária dos textos bíblicos, situando-os dentro de seu contexto histórico. Espera-se desse tipo de estudo uma aproximação mais adequada ao provável sentido original das tradições bíblicas. A Série MAIOR foi idealizada para incluir obras que, pela quantidade de ilustrações ou por possuírem um texto volumoso, pediam um formato de apresentação maior e mais reforçado. A obra se compõe de uma introdução fartamente documentada, a tradução do texto dos dois livros, Tobias e Judite, e de um minucioso comentário de cada versículo, colocando o leitor a par de todos os problemas e dificuldades que suscitam a exegese e a interpretação desses livros. O livro de Tobias, diz a introdução, é uma deliciosa obra de ficção em que se manifesta a fé de um povo na providência especial de Deus sobre os justos - indivíduos e famílias -, apesar da experiência dura e contraditória da realidade. O autor, verdadeiro israelita, expõe de forma clara, bela e contundente sua profunda convicção de que o homem não pode prever nem dominar o processo de sua vida, sujeito a oscilações aparentemente caprichosas; Deus, porém, pode, porque é o Senhor oculto da história individual e coletiva. Assim como o livro de Tobias, o de Judite também é um relato de ficção com fins nitidamente religiosos. A diferença está em que no livro de Tobias se confessa a fé na providência do Senhor sobre os indivíduos e sobre a família e, no livro de Judite, sobre a comunidade israelita personificada numa cidade, Betúlia. O relato de Judite desenvolve-se em circunstâncias de extrema necessidade, pois está em perigo a sobrevivência de um povo - o povo judeu. O fato de Betúlia, a cidade indefesa, ser salva in extremis pela ação heróica de uma mulher confirma a esperança de que Deus está sempre do lado dos fracos e contra a opressão injusta dos fortes. A publicação, no Brasil, de obras desse nível, é sinal do crescimento dos estudos bíblicos.