Linguagens da religião:

Desafios, métodos e conceitos
Disponível
Editora: PAULINAS
Autor(es): Paulo Augusto de Souza Nogueira
Coleção: Estudos da religião
Código: 521604
R$ 25
ou em até 3x de R$ 8.333333333333334 sem juros

calcular frete

Não sabe seu CEP? Então clique aqui.
loader
Nome Prazo de entrega Valor
COMPARTILHAR

Ficha técnica

Código de barras:
9788535632064
Peso:
330
Dimensões:
15.50cm x 0.00cm x 23.00cm
Código:
521604
Idioma:
PORTUGUES
Número de páginas:
256
Data de Lançamento:
18/06/2012

Detalhes

Esta obra faz parte da coleção "Estudos da Religião" que, por princípio, não descarta nenhuma abordagem sobre religião. Privilegia trabalhos que se esforcem por um diálogo inter e transdisciplinar entre a realidade da religião e suas interfaces com Ciência, Economia, Direito, Relações Internacionais e Educação. A obra articula suas abordagens de investigação em torno das Linguagens da Religião. Está dividida da seguinte forma: dois capítulos iniciais partem, o primeiro, da semiótica da cultura e o segundo da hermenêutico-fenomenológica, para discutirem o poder da religião de gerar/renovar sentidos. Em seguida, dois textos abordam as linguagens da religião em diálogo com as linguagens da arte, neste caso, a cultura visual e a literatura. Os dois capítulos seguintes analisam as escrituras das religiões para além dos cânones e tradições normativas, aí incluída a estética da recepção. A obra encerra com dois trabalhos sobre a relação deste tema com a pluralidade religiosa no mundo contemporâneo, especialmente, na sociedade brasileira. O objetivo é dar uma contribuição teórico-metodológica ao estudo acadêmico da religião na sociedade brasileira. Organizada pelo Professor Paulo Augusto de Souza Nogueira, a obra conta com pesquisadores de diferentes áreas dos estudos de religião e das ciências humanas que compartilham a hipótese de que a religião não só expressa seus conteúdos pela linguagem, como se estrutura ela mesma por meio da linguagem. Ela se constitui em uma espécie de linguagem segunda, linguagem da cultura, linguagem das narrativas sobre Deus e sobre o sagrado/profano, através de estruturas próprias, da construção de símbolos que geram sentido de modo ilimitado. Pensar a religião como linguagem, como sistema de comunicação e de geração de sentido é, portanto, uma forma complementar, ainda que fundamental, de conceber o fenômeno religioso.