Grava-me como selo sobre teu coração: teologia bíblica feminista

Teologias bíblicas 8
Disponível
Editora: PAULINAS
Autor(es): Ivoni Richter Reimer
Coleção: Bíblia em comunidade - série teologias bíblicas
Código: 507806

calcular frete

Não sabe seu CEP? Então clique aqui.
loader
Nome Prazo de entrega Valor
COMPARTILHAR

Ficha técnica

Código de barras:
9788535615821
Peso:
150
Dimensões:
13.50cm x 0.00cm x 20.50cm
Código:
507806
Idioma:
PORTUGUES
Número de páginas:
136
Edição:
1
Data de Lançamento:
01/10/2005

Detalhes

Esta obra faz parte do projeto que originou a coleção "Bíblia em Comunidade", cujo objetivo é ampliar a formação sistemática de pessoas interessadas em aprofundar o estudo bíblico. Está dividida em quatro grandes séries: "Visão global da Bíblia", "Teologias bíblicas", "Bíblia como literatura" e "Recursos pedagógicos". Este oitavo livro, Grava-me como selo sobre teu coração, faz parte da série "Teologias bíblicas", que coloca as estacas, os fundamentos necessários para compreendermos com maior clareza e consciência os conceitos teológicos dos escritos bíblicos que serão estudados e aprofundados. Este livro aborda a teologia bíblica feminista. Uma das mais sutis e universais opressões que povoam a história, inclusive na tradição bíblica, é, sem dúvida a submissão da mulher ao homem, que se reveste ainda, para muitas tradições religiosas, como uma expressão da vontade de Deus inscrita na própria natureza. Não era, pois, de admirar que a teologia da libertação provocasse um movimento de reflexão feminista, desde que as mais sagradas tradições do Povo de Deus fossem lidas a partir da experiência feminina como chave hermenêutica própria para a descoberta da igualdade de origem perdida desde que se consumou a ruptura na realização do desígnio de Deus sobre a humanidade. Nessa perspectiva, da experiência concreta de vida como elemento interpretativo da tradição bíblica, foi elaborado esse livro. O primeiro capítulo é de cunho mais hermenêutico e metodológico. Com ele a autora entra pela porta do cotidiano, da vida, da história, daquilo que ficou registrado na memória de mulheres e homens que deixaram por escrito sua experiência existencial e relacional, situada em contextos androcêntricos e patriarcais. O segundo e o terceiro capítulos analisam textos significativos do Primeiro Testamento na ótica da mulher, ressaltando a mentalidade patriarcal típica do contexto cultural da época, onde a mulher é submissa ao homem, sem esquecer que nem tudo que foi vivido foi escrito. O quarto e o quinto capítulos apresentam as experiências de mulheres no Segundo Testamento, onde Maria aparece como a expressão máxima da teofania, manifestação de Deus. Analisa o contexto sociopolítico do patriarcado romano, com forte influência de Cícero, apresenta ainda uma crítica à lógica do mercado e como as mulheres conseguiram dribá-lo. Finaliza com uma visão teológico-cultural segundo textos significativos dos Evangelhos

Compre Também